Em Busca do Livro da Vida – Opinião

Deborah Harkness - Em Busca do Livro da VidaTítulo: Em Busca do Livro da Vida (All Souls Trilogy #3)

Título Original: The Book of Life

Autor: Deborah Harkness

Editora: Casa das Letras

Páginas: 680

Género: Adult; Fantasy; Magic

Sinopse: Ansiosamente aguardado por leitores de todo o mundo, Em Busca do Livro da Vida conclui, com magia e suspense inebriantes, a Trilogia de Todas as Almas. O que descobriram em tempos as bruxas? Porque foi esse segredo guardado num livro misterioso chamado Ashmole 782, procurado durante séculos por demónios, vampiros e até pelas bruxas? Como é que a bruxa Diana Bishop e o cientista vampiro Matthew Clairmont poderão viver o seu amor quando o peso das suas histórias os tenta separar?
Na história de Em Busca do Livro da Vida, Diana e Matthew regressam dramaticamente da Londres isabelina ao presente, onde enfrentam novas crises e velhos inimigos. Em Sept-Tours, o lar ancestral de Matthew, reencontram os adorados personagens de A Noite de Todas as Almas – com uma importante exceção. Mas a verdadeira ameaça ao seu futuro ainda está por revelar. Quando tal acontece, a busca pelo Ashmole 782 e as suas páginas perdidas assume um caráter ainda mais urgente.

buy the book from The Book Depository, free delivery
Opinião

Queria tanto que este livro fosse o culminar de uma trilogia muito boa, mas não foi. Já não me lembro se nos outros livros acontecia isto mas neste, bolas, as descrições dos detalhes foram exaustivas e tornou tudo muito cansativo, eu tive de meter outro livro pelo meio porque já estava farta deste 😦 Eu não quero saber se determinada personagem está a tocar uma música em Fa ou Re e depois passa para outra música e vamos a ver e temos uma página inteira dedicada a isto. Não me interessa esse tipo de detalhes. Para que é que eu quero saber os pormenor sobre o ADN e o ADN codificador, eles falam daquilo só para ter mais para falar, isto não é um livro técnico, é um romance e esse tipo de informações são um exagero aqui. Sendo isto apenas a minha opinião, outras pessoas até podem gostar.

Outro problema que tive foi com o inicio do livro, nos primeiros capítulos a autora fala sobre quase todas as personagens que entraram na trilogia, eu já não sabia quem era quem, se eram bons ou maus ou se já tinham morrido. Tive uma overdose de personagens, o que não me animou muito, mas lá fui continuando a ler e foi me enquadrando e lembrando de todas elas 😀

Terceiro problema com este livro, não é consistente com o que se passou nos anteriores. Ao longo de toda a trilogia vem sendo destacado o problema que o congresso das Bruxas, Demónios e Vampiros tem com a mistura de espécies. O Matthew é um Vampiro e a Diana é uma Bruxa, é proibido que eles fiquem juntos e desde o primeiro livro que eles têm de esconder a relação deles e tudo o que fazem têm de ser feito em segredo, ninguém pode saber. O que aconteceu neste livro é que eles contam tudo a toda a gente, chegam ao ponto de confiarem os segredos deles a alunos da universidade (what???). Não fez sentido para mim. Eu sei que eles precisavam de ajuda mas contar a um grupo tão grande de pessoas não me pareceu a solução.

Último problema que tive foi com a “fúria de sangue”, supostamente uma doença que afeta alguns vampiros que os deixa completamente na loucura e que é muito difícil de controlar. Mais uma vez este problema é relatado desde o primeiro livro e o Matthew têm-na, consegue-a manter controlada devido a um auto controlo muito grande e mesmo assim lê-mos várias vezes sobre como ele está muito perto de perder o controlo. Neste último livro dá-se grande enfase a isso e aparece o Jack, filho adotivo da Diana e do Matthew que sofre dela e quando o afeta, ele fica completamente passado. O problema é que no fim do livro eles os dois já se conseguem controlar, basta ter uma vontade forte e haver muito amor. Não me parece que um problema tão grande e grave como este, em que lhe foi dedicado tanto tempo, se resolva apenas com muito YOGA e paz de espirito 😛

De resto gostei do livro e da história como um todo. Gostei de ler sobre estas personagens todas novamente e de ter algumas respostas para os problemas que foram surgindo ao longo dos livros. Foi um final feliz com toda a gente bem e os maus da fita mortos ou bem controlados. Houve coisas que eu acho que ficaram por dizer, ou talvez a autora queira ter um ponto de partida para mais um livro.

Este livro desiludiu-me e eu não tinha muita vontade de o continuar a ler mas acho que para o fim começou a melhorar, não foi o que estava à espera e fiquei bastante dececionada. Se analisarmos os livros todos da série, é bastante interessante e gostei de a ler, disso não me arrependo. Se a autora não tivesse a queda para a descrição detalhada de tudo acho que a minha pontuação seria muito melhor.

Sendo assim, recomendo esta série para quem gostar de fantasia, magia, viagens no tempo e montes de criaturas e ainda mais magia 🙂 Os livros já saíram todos, tanto em inglês como em português e, assim, não há necessidade de esperar um ano ou mais para poder ler o livro seguinte.

goldgoldgoldgraygray

Advertisements

2 thoughts on “Em Busca do Livro da Vida – Opinião

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s