Godforsaken – Opinião

Suren Hakobyan - GodforsakenTítulo: Godforsaken

Autor: Suren Hakobyan

Editora: Kindle

Páginas: 205

Género: Adult; Angels; Romance

Sinopse: Lily’s dreams have always been haunted by a mystical stranger with green eyes, until the day comes that she unexpectedly meets that stranger in a club. He’s wealthy and handsome, but those traits aren’t the ones that mark him as being not like average men. In truth, he possesses a surreal power, and a set of angelic wings…
An archangel turned outcast, Samael has wandered Earth for eons, unable to belong in either Heaven or Hell. However, he still holds a secret that both the angels and the fallen ones need to acquire at all costs.
As soon as Lily meets Samael, her life is irrevocably altered. She herself is the secret at the heart of the war between angels and demons, and there’s only one person who cares for her enough to try and save her from her fate: the exiled creature, Samael.

Opinião

Este ebook foi uma oferta do autor em troca de uma opinião honesta.

A história deste livro passa-se no mundo presente e segue a série Shade of Light, sendo o primeiro volume Passion of an Angel (opinião), que se passou no ínicio quando Deus criou o Jardim do Eden e teve como personagem principal Lucifer.

Neste livro lemos um pouco sobre o que se passou após Lucifer ser banido do Céu e da Guerra que ele travou para destronar Deus e sobre o papel que cada arcanjo desempenhou na sua derrota.

Gostei de ler sobre toda a intriga entre os anjos, o mundo aqui criado estava muito bem definido e detalhado. Gostei de ler sobre os arcanjos e a forma diferente como eles encaram os seus papéis, uns só veem o mundo a preto e branco enquanto outros são mais abertos e veem as coisas de forma mais aberta e são mais flexíveis.

A narrativa é fluída e não ficamos presos em nenhum ponto, consegue-se ler muito bem e a história em si consegue prender-nos facilmente.

Em relação às personagens, temos como uma das principais a Lily, uma descendente de Eva (do Jardim do Eden) e que por causa da sua linhagem é tão importante para Lucifer. Não consegui gostar dela, achei-a uma personagem um bocado insossa, muito ríspida nas respostas para a única amiga que tem (porque será?). Não gostei da parte em que ela se atira com tudo o que tem para cima do Samael, não gosto quando as personagens ficam imediatamente apaixonadas, isso fez com que me desinteressasse pela parte romântica e a achasse um bocado forçada. Desde o início que a parte romântica ficou para segundo plano para mim, eu estava sempre mais interessada em saber o que se iria passar com os anjos.

O Samael é um dos arcanjos e foi um dos que se aliou a Lucifer durante a guerra e depois o traiu, levando a que ele perdesse a guerra, por isso entre estes dois as coisas não andam muito bem. Como ele se redimiu, Deus deu-lhe a guarda do Jardim e Lucifer para derrotar Deus tem de passar pelo Jardim primeiro. Gostei do Samael porque ele é daquele género de personagem tem sempre um plano para tudo, não faz nada que não tenha já planeado. Não sei dizer se ele gosta realmente da Lily ou não, mas também não me interessa 🙂

Ainda bem que irá haver mais livros porque no fim ficamos mesmo à beira da guerra e eu quero mesmo ver como é que isto se vai desenrolar.

Quem gostar de histórias de anjos e não se importar de ter um romance chato, pode ler este livro à vontade 🙂

goldgoldgoldhalfgray

Advertisements

All I’ve Never Wanted – Opinião

Ana Huang - All I've Never WantedTítulo: All I’ve Never Wanted

Autor: Ana Huang

Editora: Kindle

Páginas: 626

Género: Young Adult; Romance; High School

Sinopse: The Scions were the four richest, most powerful guys at Valesca Academy, and they ruled the school with iron fists. Everyone wanted to date them or be them…everyone, that is, except Maya Lindberg, who just wanted to avoid them until she could graduate.
She almost succeeded, until an ill-advised outburst on her part put her right in the Scions’ path. Just like that, one became her fake boyfriend, one her unwanted matchmaker, one her guardian angel, and the one she couldn’t stand the most? Yeah, he’s her new housemate.
A Young Adult romantic comedy that explores what happens when a girl gets everything she never asked for, including a puppy, a new wardrobe, and, possibly, even true love.

Opinião

Neste livro temos um mundo um bocado fantasioso, na minha opinião, se calhar até existem mesmo pessoas e escolas assim. Já tinha dito num post anterior que algumas opiniões comparavam este livro a uma série japonesa Boys Over Flowers, depois de o ler eu comparei-o a um anime que já vi há alguns anos, Ouran High School Host Club (se quiserem rir durante o tempo todo, vale a pena ver a série).

A história passa-se numa escola secundária para gente muito rica, com montes de dinheiro, que faz o que quer e por aí fora, dá para ter uma ideia 😛 Nesta escola não temos o grupo de meninas populares mas sim um grupo de 4 rapazes lindos de morrer e que são mais ricos do que os restantes, os Scions. Toda a gente os idolatra, literalmente. Fazem fila à entrada da escola só para os ver chegar 😀

No meio disto tudo, temos uma rapariga que se mudou há um ano para a escola, não é rica como os outros, mas ganhou uma bolsa de estudo e anda por lá a tentar passar despercebida, isto porque ela não gosta dos Scions. Gostei da Maya, uma rapariga simples e nada dada a grandezas, tendo em conta o meio onde ela vive isso quer dizer muito 🙂 Por obra do destino ela acaba por dar uma reprimenda a um dos Scions, Roman, à frente de toda a gente, a partir daí a história vai-se desenvolvendo cheia de peripécias e muita gargalhada à mistura.

Não consegui gostar muito do Roman sinceramente, arrogante e com a mania que por ser o mais rico pode fazer o que quer e tratar as pessoas como quer. Gostei de vê-lo a mudar de atitude devido à Maya, mas isso só aconteceu muito para o fim do livro.

A Venice é a melhor amiga da Maya e é uma castiça. Toda doida pelos Scions, tem a sorte de ir a reboque da Maya e passar algum tempo com eles.

O Zack é um fofo, o miúdo é um querido e gostei tanto dele. As cenas em que ele e a Venice se juntam para espiar a Maya são do melhor que há. São tão cromos os dois, que só dá para rir.

Também gostei do Carlos, muito bom amigo para a Maya e acho que era o mais “normal” de todos os Scions. Houve alturas em que eu preferia que a Maya ficasse com ele. O irmão dele é que estraga um bocado as coisas.

O Parker era um engatatão, tinha de haver pelo menos um neste grupo.

A Adriana é irmã do Zack e além de estar habituada a todos os luxos, é uma rapariga minimamente normal e não é nariz empinado. Amei ver as tramoias dela para formar casais.

A avó da Maya era qualquer coisa de especial 😀 A mulher sempre que abria a boca eu só me ria. Mesmo assim acho que não a queria para minha avó. Ela está sempre a tentar juntar a Maya com algum rapaz para que ela se case e lhe dê netos 🙂

A história é engraçada, não tenta ser uma coisa que não é. Brinca muito com os exageros, fez-me mesmo lembrar as histórias de anime. Lê-se muito bem e sendo uma história divertida dá para ficarmos com um sorriso na cara no fim.

Gostei muito de ler este livro, tem as suas falhas, as personagens secundárias parecem tão perfeitas, mas nada que estrague a história. Aconselho a quem gosta de histórias de amor e de mundos um pouco fantasiosos 🙂

goldgoldgoldgoldgray

Pelo Correio #17

Ora cá está a muita aguardada sequela de Stolen Songbird. Finalmente já chegou cá a casa 🙂

Danielle L. Jensen - Hidden HuntressTítulo: Hidden Huntress (The Malediction Trilogy #2)

Autor: Danielle L. Jensen

Editora: Angry Robot

Páginas: 464

Género: Young Adult; Romance; Magic

Sinopse: Sometimes, one must accomplish the impossible.
Beneath the mountain, the king’s reign of tyranny is absolute; the one troll with the capacity to challenge him is imprisoned for treason. Cécile has escaped the darkness of Trollus, but she learns all too quickly that she is not beyond the reach of the king’s power. Or his manipulation.
Recovered from her injuries, she now lives with her mother in Trianon and graces the opera stage every night. But by day she searches for the witch who has eluded the trolls for five hundred years. Whether she succeeds or fails, the costs to those she cares about will be high.
To find Anushka, she must delve into magic that is both dark and deadly. But the witch is a clever creature. And Cécile might not just be the hunter. She might also be the hunted…

Esta vai ser uma leitura obrigatória já para o próximo mês 🙂

 

Vendetta – Opinião

Catherine Doyle - Vendetta grTítulo: Vendetta (Blood for Blood #1)

Autor: Catherine Doyle

Editora: Chicken House

Páginas: 352

Género: Young Adult; Romance; Mystery

Sinopse: When it comes to revenge, love is a dangerous complication.With a fierce rivalry raging between two warring families, falling in love is the deadliest thing Sophie could do. An epic debut set outside modern-day Chicago.

When five brothers move into the abandoned mansion in her neighbourhood, Sophie Gracewell’s life changes forever. Irresistibly drawn to bad boy Nicoli, Sophie finds herself falling into a criminal underworld governed by powerful families. As the boys’ dark secrets begin to come to light, Sophie is confronted with stinging truths about her own family, too. She must choose between two warring dynasties – the one she was born into, and the one she is falling in love with. When she does, blood will spill and hearts will break.

Opinião

Quando li a sinopse deste livro pensei “uma história tipo Romeu e Julieta é sempre interessante” e continuei a ler. Depois olhei bem para a capa e juntando tudo cheguei à conclusão que este provavelmente seria um livro que eu iria gostar e que principalmente não iria ser um desperdício de dinheiro 🙂

Sendo assim, esta história anda à volta de um romance proibido, mas não se centra só nessa parte, é muito mais do que um mero amor que tem de lutar contra tudo e todos, o que foi ótimo. Há tanto enredo à volta das personagens, tantos segredos e histórias meias contadas, que só lendo tudo com atenção percebemos a profundidade do que se passou no passado das personagens e provavelmente o que se irá passar no futuro. Houve alturas em que fiquei parva com o que estava a ler porque não estava mesmo à espera.

Como personagem principal temos Sophie, uma rapariga inteligente, que sabe o que faz e que tem os pés bem assentes na terra. Não é nenhuma desmiolada que se baba toda para cima do rapaz de que gosta e tem atitudes parvas à conta disso. Gostei muito dela, fiquei triste com a forma como ela foi tratada pelos “amigos” depois de o pai dela ter sido preso, todos a desprezaram e realmente é nestas situações em que vemos quem são os amigos e quem são os conhecidos. Posso dizer que gostei da amizade dela com a melhor amiga, Millie, que foi a única que não a abandonou e que a incentivava a andar de cabeça erguida e sempre lhe deu todo o apoio possível.

Do outro lado romântico temos o Nic, um rapaz novo na cidade, é bonito, misterioso, simpático e muito querido para a Sophie, embora tenha algumas atitudes um bocado possessivas, tendo em conta que ele conhece-a à pouco tempo. Ele e os 4 irmãos mudam-se para uma casa na cidade e uma das questões que surge logo é quem são eles e de onde apareceram. Ao início gostei do Nic, depois nem tanto, muito devido a todo o secretismo que evolvia a família dele. Basicamente a Sophie precisava de saber o que se passava e ele concordava em contar-lhe tudo mas depois ela ficava a saber que ele deixava muita coisa de fora. Isto era recorrente e fez-me olhar para ele com outros olhos.

O único que avisou a Sophie e foi brutalmente honesto com ela foi o Luca, um dos irmãos do Nic. Ao principio ele é retratado como um rapaz arrogante e agressivo e não gostei dele. Ao contrário do que aconteceu com o Nic, com o Luca passei a gostar dele. Uma personagem que começou mal mas depois redimiu-se. Será que irá haver um triângulo? Eu gosto mais da Sophie com o Luca, pelo menos com ele, ela sabe no que se está a meter.

Os outros irmãos não tiveram muito tempo de antena mas são importantes para a história geral.

Sem querer entrar em muitos detalhes e ser spoiler, posso dizer que a história é muito interessante, umas vezes é bastante leve e romântica e outras é mais dark e séria mas a autora consegue conjugar isso de forma perfeita e temos um equilíbrio muito bom. Foi uma leitura muito fluída e bastante fácil de ler e só dá vontade de ler mais sobre estas personagens. Aconselho este livro sem dúvida alguma, temos romance, crime, mistério e suspense tudo à mistura. Ainda bem que o segundo volume sai no início do próximo ano 🙂

goldgoldgoldgoldgold

Wallbanger – Opinião

Alice Clayton - WallbangerTítulo: Wallbanger (Cocktail #1)

Autor: Alice Clayton

Editora: Kindle

Páginas: 443

Género: Adult; Romance; Humor

Sinopse: The first night after Caroline moves into her fantastic new San Francisco apartment, she realizes she’s gaining an intimate knowledge of her new neighbor’s nocturnal adventures. Thanks to paper-thin walls and the guy’s athletic prowess, she can hear not just his bed banging against the wall but the ecstatic response of what seems (as loud night after loud night goes by) like an endless parade of women. And since Caroline is currently on a self-imposed dating hiatus, and her neighbor is clearly lethally attractive to women, she finds her fantasies keep her awake even longer than the noise. So when the wallbanging threatens to literally bounce her out of bed, Caroline, clad in sexual frustration and a pink baby-doll nightie, confronts Simon Parker, her heard-but-never-seen neighbor. The tension between them is as thick as the walls are thin, and the results just as mixed. Suddenly, Caroline is finding she may have discovered a whole new definition of neighborly…
In a delicious mix of silly and steamy, Alice Clayton dishes out a hot and hilarious tale of exasperation at first sight…

Opinião

Este livro chamou-me a atenção depois de ler a sua sinopse, achei interessante e quis mesmo ver o que se iria passar a seguir. Não tinha expectativas muito altas, mais um romance com muitas cenas picantes à mistura, posso dizer que não desapontou e até foi bem melhor do que estava à espera.

Como em qualquer romance, em que temos duas personagens a ter o foco todo, já se espera que elas acabem juntas. Este livro não fugiu à regra mas acho que o mais importante, quando já temos esta ideia de como tudo vai acabar, é o que acontece até lá chegarmos. Aí sim, podemos dizer se foi um bom livro ou não. Este foi um livro bastante interessante, amei ler cada frase, até ele perder um bocado o ritmo, acabei por deixá-lo parado uns tempos para o retomar e ler o que faltava de uma assentada.

Em relação à história temos a Caroline, uma rapariga independente e super cómica, adorei ler a forma como ela encara a vida e os problemas que lhe surgem. Depois temos o Simon, o famoso Wallbanger, que como o nome indica, é realmente isso que ele passa as noites a fazer às 3 diferentes mulheres do seu “harém” 🙂

É uma narrativa muito fluída, lê-se muito bem, é engraçada e dei por mim várias vezes com um sorriso enorme chapado na cara. Gostei da forma como a autora conseguiu transmitir os sentimentos e fazer-me sentir o que eles os dois estavam a sentir, toda aquela tensão e carrada de emoções que se foram desenvolvendo entre eles. É muito difícil conseguir passar este leque variado de emoções para o leitor através de palavras e é muito raro encontrar isso num livro. Há livros em que nós sentimos alguma empatia com as personagens e percebemos o que elas estão a sentir, mas ficar embrenhada de tal forma nas páginas e conseguir sentir as emoções que as personagens estão a sentir… é de louvar 🙂

Acho que o problema deste livro foi ser tão grande e a Caroline e o Simon ficarem juntos mais ou menos a meio dele (60%) e a partir daí a história foi um pouco desinteressante, penso que podia ter sido abreviada, houve alturas em que estavam sempre a bater na mesma tecla. Só a minha opinião.

De qualquer forma é um livro muito engraçado, com montes de piada à mistura, amei o gato Clive 🙂 É um bom romance e aconselho a ler, as personagens são fantásticas e a história é bem divertida.

goldgoldgoldhalfgray

Wishlist #6

Pageflex Persona [document: PRS0000038_00072]Título: Beat (Life on Stage Series #2)

Autor: Vi Keeland

Género: Adult; Romance

Data Lançamento: 15 Junho 2015

Sinopse: Dimpled smile of a boy
Hard body of a man
Sings like an angel
Fucks like the devil

I was stuck between a rock(star) and a hard place.
At fifteen, his poster hung on my bedroom wall. At twenty-five his body hovered over mine. Every girl’s fantasy became my reality. I was dating a rockstar. Yet I was slowly falling for another man. The problem was—the two men—they shared a tour bus.
Flynn Beckham was the opening act.
Dylan Ryder was the headliner.
What happens when the opening act begins to shine so bright, it seems to dim everything else in its wake?

I’ll tell you what happens. Things get ugly.

 

Razões Para Estar na Wishlist

– Olhem só para aquela capa 🙂

– A sinopse deixou-me muito curiosa para saber mais sobre as personagens

– O vídeo que foi feito e está no youtube está fantástico, vale a pena dar uma olhadela Vi Keeland – Beat

Tudo isto são razões para eu estar no dia 15 deste mês (já amanhã) pronta para comprá-lo 🙂

Pelo Correio #16

Ora bem, esta semana não comprei nada “físico” mas comprei alguns ebooks na amazon.

Ana Huang - All I've Never WantedTítulo: All I’ve Never Wanted

Autor: Ana Huang

Editora: Kindle

Páginas: 626

Género: Young Adult; Romance

Sinopse: The Scions were the four richest, most powerful guys at Valesca Academy, and they ruled the school with iron fists. Everyone wanted to date them or be them…everyone, that is, except Maya Lindberg, who just wanted to avoid them until she could graduate.
She almost succeeded, until an ill-advised outburst on her part put her right in the Scions’ path. Just like that, one became her fake boyfriend, one her unwanted matchmaker, one her guardian angel, and the one she couldn’t stand the most? Yeah, he’s her new housemate.
A Young Adult romantic comedy that explores what happens when a girl gets everything she never asked for, including a puppy, a new wardrobe, and, possibly, even true love.

Quando li a sinopse deste livro só pensei “Eu quero mesmo muito ler isto”, andei à procura e na amazon está a um preço bastante acessivel.

Li muitas reviews a dizer que este livro é um retelling de uma série japonesa Boys Over Flowers, talvez venha a ver a série também 🙂

 

Pageflex Persona [document: PRS0000038_00072]Título: Throb (Life on Stage Series #1)

Autor: Vi Keeland

Editora: Kindle

Páginas: 269

Género: Adult; Romance

Sinopse: The rules:

No dating.

No sex outside of the game.

No disclosing the terms of the contract.
Rules were made to be broken, right?
Eight weeks ago I signed a contract. One that seemed like a good idea at the time. A handsome bachelor, luxury accommodations, and a chance to win a prize my family desperately needed. There were some rules though. Lots of them actually. Follow the script, no dating, sex, or disclosing the terms of the deal. After my self-imposed moratorium on men the last year, it wouldn’t be hard to live up to my end of the bargain…so I thought. Until I realized the deal I’d made was with the devil…and I was in love with his dirty-talking brother.

 

Este livro também me pareceu interessante, até porque só cheguei a ele quando vi o segundo da mesma série que vai sair este mês. Parece-me uma boa série com um monte de bons rapazes pelo meio 🙂