A Court of Thorns and Roses – Opinião

sarah j. maas - a court of thorns and rosesTítulo: A Court of Thorns and Roses (A Court of Thorns and Roses #1)

Autor: Sarah J. Maas

Editora: Bloomsbury

Páginas: 416

Género: New Adult; Fairy Tale; Retelling

Sinopse: When nineteen-year-old huntress Feyre kills a wolf in the woods, a beast-like creature arrives to demand retribution for it. Dragged to a treacherous magical land she only knows about from legends, Feyre discovers that her captor is not an animal, but Tamlin—one of the lethal, immortal faeries who once ruled their world. As she dwells on his estate, her feelings for Tamlin transform from icy hostility into a fiery passion that burns through every lie and warning she’s been told about the beautiful, dangerous world of the Fae. But an ancient, wicked shadow grows over the faerie lands, and Feyre must find a way to stop it . . . or doom Tamlin—and his world—forever.

Opinião

Adorei, mais uma série desta autora que eu vou continuar a ler. Não sei como esta senhora faz mas o que é certo, é que para mim os livros dela são fantásticos.

Esta história passa-se num mundo em que os Fae, e todo o tipo de fadas, têm mais poder do que os humanos e que estes são relegados para territórios pequenos ou longínquos. É também um retelling do conto da Bela e do Monstro, tendo em conta que o Tamlin e as cortes das fadas estão todas amaldiçoadas e cabe à Feyre quebrar essa maldição, passando por 3 missões para o conseguir fazer.

Adorei este novo mundo, está bem construído e tornou-se tão real que foi muito bom de ler. As personagens são tão diferentes umas das outras e tão completas e complexas que foi fantástico. Só me apetece ler mais sobre elas e sobre este mundo. Quando é que sai o próximo? J

A Feyre é uma rapariga que se tornou dura e fria devido a tudo o que tem passado para ajudar a família. Eles eram abastados mas devido a problemas no negócio do pai, eles ficaram sem nada. Basicamente é a Feyre que sustenta o pai e as duas irmãs, o que não tem sido nada fácil para ela. Ela odeia todas as fadas e, tal como quase todos os humanos, culpa-os pelas condições em que vivem. É por causa deste ódio e das ações que ela tomou, que ela acaba por ir viver para a terra delas, mais propriamente para a Spring Court. É aqui que ela conhece o Tamlin e a relação entre eles evolui e muito bem, gostei de cada cena entre eles, uma relação de ódio que depois se vai transformando em amizade e amor. Foi muito bem criada a relação entre os dois.

Sendo isto um retelling já se sabia desde o princípio que caminhos a história ia percorrer mas o que tornou este livro interessante foram as personagens e todo o mundo envolvido. Houve momentos para rir, momentos para ficar agarrada ao livro e não o querer largar até chegar ao fim daquela cena. Fez-me querer ler sempre mais um bocadinho e quando dava por mim já tinha lido durante umas horar e nem tinha dado por isso.

Há imensas personagens que nos marcam e ficam na memória, o Tamlin é bruto e desajeitado ao início mas depois torna-se romântico e sedutor. O Lucien está sempre a mandar farpas à Feyre e depois ao Tamlin pela relação deles, mas no fim percebe-se que ele gosta deles e ajuda a Feyre no que pode para ela ultrapassar as 3 missões. O Rhysand mal apareceu eu pensei cá para comigo, este rapaz ainda vai dar que falar, e a verdade é que foi isso que aconteceu, eu gostei muito da personagem dele e da relação que ele teve com a Feyre, acho que foi uma mais-valia para o livro. As irmãs da Feyre tão diferentes uma da outra, Elain é doce e completamente aluada e Nesta é tão dura e pragmática como a própria Feyre. Posso dizer que gostei mais da Nesta, ela é uma boa personagem para um livro.

Quem estiver à espera de um livro leve e romântico, este não é bem o caso. Não é um livro sobre fadas boas e todos viveram felizes para sempre, temos momentos duros e de uma violência crua, não é tudo cor-de-rosa J De qualquer das maneiras aconselho este livro a toda a gente, é fantástico e o final deixou-me a puxar os cabelos, que raio foi aquilo? O que é que vai acontecer a seguir? Eu tenho de saber.

Em relação à última conversa entre o Rhysand e a Feyre há muito que ficou por dizer e a parte em que ele vai embora mas fica espantado/assustado quando olha para ela é o cerne de todas as questões. Teorias há muitas, já li de tudo, eu tenho uma e acho que até faz sentido.

Spoiler Alert

A grande questão é se o Rhysand será o outro lado do triângulo amoroso entre a Feyre e o Tamlin, na minha opinião faz sentido porque embora este livro tenha sido sobre a Feyre apaixonar-se pelo Tamlin e fazer as 3 missões para conseguir quebrar a maldição, em parte alguma há aquele sentimento do “true mate”. Por isso, a minha teoria, quando o Rhysand olha para ela no final e tem aquela reação é porque ele percebeu que ela é a sua “true mate”. Ela ama o Tamlin, disso não há qualquer dúvida, mas houve também uma certa aproximação entre ela e o Rhysand durante essas missões e em parte eles até são parecidos, tendo em conta tudo o que passaram. Outra das razões é que ela fez o acordo com ele, em que tinha de passar uma semana por cada mês na corte dele, já se sabe que isso vai dar azo a muita coisa acontecer. A razão final é uma coisa que o Tamlin disse à Feyre, o casamento entre duas pessoas que se amam, torna-se insignificante quando uma delas encontra o seu “true mate”. Depois de saber isso, e tendo em conta que em parte alguma do livro houve a indicação de haver esse sentimento entre o Tamlin e a Feyre, sendo esta humana ou depois de se ter tornado Fae, eu acho que está tudo em aberto.

goldgoldgoldgoldgold

Advertisements

One thought on “A Court of Thorns and Roses – Opinião

  1. Pingback: Wishlist #19 | Anita Days

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s