Akaela – Opinião

E. E. Giorgi - Akaela

Título: Akaela (Mayake Chronicles #1)

Autor: E. E. Giorgi

Editora: Kindle

Género: Young Adult; Dystopia; Post Apocalyptic; Science-Fiction

Data de Lançamento: 25 de Maio de 2015

Sinopse: Fifteen-year-old Akaela doesn’t know what fear is. She was built this way. But in a world where survival is no longer of the fittest, being fearless can become a deadly curse.
Proud and steeped in tradition, Akaela’s people, the Mayake, are dying. While they carry implanted nanobots and sophisticated chips to compensate for their crippled and diseased bodies, these enhancements come at a price. Aging technology and a lack of resources make the Mayakes vulnerable to their enemies and on the brink of extinction. As the elders cling blindly to the past, the only hope Akaela and her 16-year-old brother Athel have to save their own people is to challenge the system or die trying.

Opinião

Este livro foi uma oferta da autora em troca de uma opinião honesta por volta da data de lançamento dele, 25 de Maio de 2015.

Uma história um pouco diferente do que li até agora. Nunca tinha lido sobre meios humanos e meios robôs, cyborgs, mas posso dizer que gostei bastante.

Esta história passa-se num futuro alternativo em que os humanos foram dizimados por doenças e apenas alguns tinham um gene que lhes permitia sobreviver mas a partir daí foram nascendo sempre com deficiências físicas e necessitavam de próteses.

O povo Mayake tentou sobreviver a partir dessas próteses e da evolução da tecnologia e dos materiais que tinham disponíveis. Isto permitiu que eles aumentassem a capacidade do sistema imunitário com nanobots inseridos no sangue e tornaram-se mais aptos e com características que os humanos nunca tiveram, tal como visão noturna e pernas tipo lâminas que lhes permitem correr mais rápido.

O problema é quando outro povo, os Gaijins, entram em guerra com eles e vencem, deixando-os com um território mínimo e sem possibilidade de saírem de lá, pondo os seus próprios robôs a explorar os recursos daquela terra. Assim, temos o povo Mayake sem recursos e com tecnologia obsoleta e baterias que estão em fim de vida, arriscando-se a morrer aos poucos.

É aqui que entra Akaela e o irmão Athel, são as duas vozes desta história. Temos assim duas perspetivas do que está a acontecer.

Akaela é uma menina muito especial, além de não conseguir ter medo, o que a torna praticamente capaz de fazer tudo o que quer, ainda possui tecnologia que mais nenhum Mayake tem. Quando ela nos retrata o que se está a passar fiquei sempre com a ideia que ela e o irmão não se dão, mas à medida que a história avança consegui perceber que estes dois estão muitos ligados um ao outro e que fariam de tudo para manter o outro em segurança. Que é precisamente isso que acontece algumas vezes.

O Athel é o irmão mais velho e por vezes tenta ser mais mandão para a Akaela, típico de irmãos mais velhos. Gostei de ver as limitações dele, a vontade que ele tem de também não sentir medo para poder ajudar mais nalgumas situações. Acho que esta parte, um bocado invejosa e ao mesmo tempo querer fazer o melhor que pode, é sinal que ele se preocupa e só pensa no bem-estar dos amigos.

Houve algumas surpresas pelo meio por parte de algumas personagens que não estava à espera. Gostava que eles tivessem encontrado o pai deles e os outros embaixadores, fiquei triste com o desfecho desta parte.

O mundo criado pela autora está fantástico, achei-o completamente realista e consigo ver perfeitamente isto a acontecer no futuro. As doenças, as partes mecânicas em simbiose com as partes humanas. A própria cultura do povo Mayake, sempre cheios de medo e com regras muito rígidas, foi tudo coerente.

Em suma, achei um livro fantástico, tem algumas falhas mas no final não são importantes para a história. Aconselho este livro a quem gostar de mundo futuristas e apocalípticos em que as personagens têm de lutar pela sua sobrevivência. Estou ansiosa pelo próximo livro.

goldgoldgoldgoldgold

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s