Evernight – Opinião

Claudia Gray - Evernight

Título: Evernight (Evernight #1)

Título Original: Evernight

Autor: Claudia Gray

Editora: Planeta

Páginas: 296

Sinopse: A Bianca quer fugir.
Foi arrancada à sua pequena terra natal e inscrita na Academia Evernight, um sinistro colégio interno gótico onde os estudantes são estranhamente demasiado perfeitos: inteligentes, requintados e quase predadores. Bianca sabe que este mundo não é o seu.
Depois, conhece o Lucas. Tal como ela, não se enquadra em Evernight, e gosta que assim seja. Lucas ignora as regras, faz frente aos snobes e diz a Bianca que tem de ter cuidado – mesmo quando se trata de gostar dele. Mas a ligação que une a Bianca e o Lucas não pode ser negada. Ela correrá qualquer risco para estar com o Lucas, mas segredos obscuros estão destinados a separá-los… e a levar a Bianca a questionar tudo aquilo em que sempre acreditou.

Opinião

Este livro conta-nos a história de Bianca que vai com os pais, que são professores, para uma escola nova. Ela não quer ir para lá, porque é muito tímida e não quer deixar os amigos para trás. Outro dos problemas daquela escola é que a maioria dos alunos são bonitos e perfeitos e ela acha que não se encaixa lá de maneira nenhuma.

Isto até ela conhecer Lucas, um rapaz com quem ela sente logo uma ligação especial e depois não para de pensar nele. Acho que a rapariga se entusiasmou de mais e já estava a por a carroça à frente dos bois, mas é só a minha opinião.

Durante um bom bocado do livro só dá para perceber que os alunos daquela escola são um bocado esquisitos. Só depois é que numa das aulas se fala de vampiros e a partir daí já conseguimos perceber porque é que os alunos e alguns professores se comportam daquela maneira. São todos vampiros e alguns até bem velhos.

A história em si não me cativou, é muito simples e gira sempre em volta do mesmo. A Bianca só pensava que era uma vampira e que gostava muito do Lucas e que ele não podia descobrir o segredo dela. Depois de um momento para o outro já não há problema e conta-lhe tudo. A própria relação entre eles pareceu-me muito fraca, dava a sensação que a autora os tinha escolhido para serem o par romântico e por isso tinham de ficar juntos. Além disso a Bianca é um bocado dada ao drama.

Houve algumas cenas do livro que eu não percebi porque aconteceram, na minha opinião com vampiros a sério aquilo não aconteceria, mas isto é um livro muito teenager e tem de ser tudo muito cor-de-rosa.

A história é-nos contada do ponto de vista da Bianca por isso não dá para conhecer muito as outras personagens e isso deu-me a sensação de serem tratadas pela autora de uma forma muito superficial. Não consegui sentir empatia por nenhuma delas.

No geral o livro não está mal mas não me cativou, cheguei a um ponto em que o queria pousar mas sou teimosa e li-o até ao fim. Tem a sua piada mas não passa disso. Penso que não vou continuar a ler esta série.

goldgoldgoldgraygray

Advertisements

One thought on “Evernight – Opinião

  1. Pingback: Piores Leituras de 2015 | Anita Days

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s