Bloody Valentine – Opinião

Melissa de la Cruz - Bloody Valentine

Título: Bloody Valentine (Blue Bloods #5,5)

Autor: Melissa de la Cruz

Editora: ATOM

Páginas: 208

Sinopse: The Blue Bloods have powers beyond human comprehension: strength that defies logic, speed that cannot be captured on film, the ability to shape-shift, and more. But in matters of the heart, no one, not even those immortal vampires, has total control.
In Bloody Valentine, part of the best-selling Blue Bloods series, author Melissa de la Cruz offers three tantalizing stories that delve deep into the love lives of the all-powerful vamps (and their Red Blood friends) from New York’s Upper East Side. Might a witchy new girl help cure Oliver’s broken heart? How did Allegra fall in love with a human? Will Schuyler and Jack finally be bonded?
Romantic and sensual, Bloody Valentine reveals the undying love, the hope and devastation, and the lust and longing that have defined the Blue Bloods throughout history. Prepare to be swept off your feet.

 Opinião

Este livro é um conjunto de 3 short stories da série Blue Bloods da autora.

Estas histórias passam-se numa fase avançada da série, por isso eu não apanhei tudo à primeira mas deu para perceber bem o contexto em que se passa.

Tal como acontece em muitas short stories, a acção é um bocado apressada, não sei se é o estilo da autora mas pelas outras reviews que li parece que não.

Na primeira história temos Oliver, que era amigo e fonte de alimento para uma vampira, Schuyler (os vampiros são chamados Blue Bloods), que pelos vistos deixou-o por outro rapaz. Vemos aqui uma personagem deprimida e sem vontade de viver, porque a mordida de vampiro deixa os humanos (os chamados Red Bloods) completamente “apaixonados”/obcecados pelo vampiro. No fim, depois de algumas peripécias ele lá consegue seguir com a vidinha dele em frente. Nesta história aparece a Freya Beauchamp, da série Withches of East End que dá na TV, que eu adoro e que foi baseada na série The Beauchamp Family desta autora.

A segunda história foi a que eu mais gostei, conta a história da mãe da Schuyler, quando ela era mais nova e se apaixonou por um Red Blood. A história em si é muito simples, talvez por isso tenha gostado dela, mas dá-nos uns pequenos vislumbres de mitologia por de trás da série toda.

Por último temos uma short story sobre as personagens principais, Schuyler e Jack. Aqui eles têm de lutar contra alguns inimigos e quase serem mortos para poderem prosseguir com o casamento deles, ou melhor, passarem pelo ritual para ficarem “Bonded”. Achei-a um bocado apressada nalgumas partes mas de resto gostei.

Resumindo, não me parece que a série venha a ser uma das minhas favoritas, mas fiquei com curiosidade para ler os primeiros volumes e ficar a conhecer mais sobre este enredo, porque a mitologia que aparece neste pequeno livro parece ter pano para mangas.

goldgoldgoldgoldgray

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s